Saiba Mais: Tudo Sobre Pintura Airless

 

A técnica da pintura airless foi criada nos Estados Unidos em 1968 e por suas características apresentarem resultados muito superiores e vantajosos aos métodos tradicionais (rolos e pincéis) teve uma rápida aceitação.

A pintura airless é feita com um pulverizador ou pistola e utiliza equipamento totalmente atomizado que dispensa a necessidade da utilização de ar comprimido. A alta pressão dos equipamentos de pintura airless varia de 500 a 3.000 psi e faz com que a tinta ou massa seja borrifada sob altas condições e velocidade.

Ao passar pelo bico pulverizador, a alta pressão faz as partículas da tinta ou massa se romperem, aumentando sua área de expansão ao serem pulverizadas sobre a superfície. A nuvem gerada pela melhor distribuição da tinta ou massa é bastante reduzida e, devido a isso, o desperdício de matéria-prima também é menor, algo em torno de 25% a 30% por aplicação.

A pintura airless apresenta ainda outras vantagens:

Organização: a pintura airless gera menos transtornos na hora de aplicar e evita o respingo de tinta ou massa;

Rendimento: é possível aplicar camadas mais espessas em uma só demão, que garante maior rendimento do trabalho. A superfície fica homogênea e sem manchas;

Manuseio: o manuseio do equipamento é fácil e mesmo pessoas sem experiências, em pouco tempo, conseguem aprender a trabalhar rapidamente com o aparelho;

Rapidez: duas pessoas conseguem perfeitamente manipular o equipamento de pintura airless e substituir o trabalho de dez profissionais que utilizem o método de pintura com rolo ou pincel no mesmo período de tempo. Enquanto um profissional comanda a pistola, a outra fica encarregada de alimentar e movimentar a máquina. É possível pintar um ambiente de 200m² em uma hora.

Leia mais..

Written by

The author didnt add any Information to his profile yet